Café Roubado.FirefoxFlash PlayerBlogger Profile

00:00:00 Downloads * RSS

Autoria

MIGUEL Cardoso

miguelrcardoso@gmail.com

RUA da Tapada nº9, Cabanões, 3500-885 Viseu

96 8505600

Pesquisa

BUSCAS pelo blogue:

radio.blog

PARA incluir temas de projectos musicais portugueses (desde bandas a projectos a solo) nesta playlist, por favor enviar os ficheiros (.mp3 de preferência) ou o url (endereço da Internet) para miguelrcardoso@gmail.com.

O Mês Passado

ANÁLISE

ENTREVISTA

CONTABILIDADE

Placar, Cortiça & Post-It

» BLISTER

:Mega-Tenda na Praça da Figueira (Lisboa)

:Noite de 29 de Dezembro

:Entrada Livre

:Site Oficial

» PHAZER

:In Live Caffé (Moita, Setúbal)

:23h00 de 5 de Janeiro

:Site Oficial

» BORN A LION

:Galeria ZDB (Lisboa)

:24h00 de 13 de Janeiro

:Site Oficial

» MARIA JOÃO e JOSÉ PEIXOTO

:Cine-Teatro Joaquim d'Almeida (Montijo)

:21h30 de 21 de Janeiro

:Site de Fãs

PARA adicionar datas, anúncios, novidades ou classificados, basta escrever para o e-mail do Café Roubado.

Na... Lista de Espera!

1. YSGA

YOU SHOULD GO AHEAD

2. Hustle And Bustle

UMEED

3. The Next Album

SUBMARINE

4. Comunicar

SOULS OF FIRE

5. Way Off, Where The Spirits Are (EP)

PARTY PEOPLE IN A CAN

CINCO dos discos - em escuta - cuja crítica será publicada em breve no Café Roubado (Z-A).

Links

ROTEIRO» Blogosfera»

acisúM; A Trompa; Boemium; Chauffer Navarrus; D:/moni1/; Festim Nu; Jazz Manel!...; MissPopMaria; O Ouvido; OPA; Opuskulo; O Puto - O Tipo - O Totó; Palavras Ditas; r.b.s.; Rock Poets; Santos da Casa; The Tracker; Todos Os Dias Fossem Estes/Outros.

Webzines / Portais»

Bodyspace; Divergências; Música no Coração; Palco Principal; Rascunho.net.

No papel»

Blitz.

ARTISTAS&AUDIÇÕES» Nacionais»

# 2008; 8 Rockin' Shoes. A Alexandre Soares & Jorge Coelho; A Naifa; Arsha; Azia. B Banda de Poi; Bandex; BedNoise; Black Sofa; Blasted Mechanism; Blind Zero; Blister; bLUNDER; BoiteZuleika; Born a Lion; Boss AC; Budhi; Buraka Som Sistema. C Chauffer Navarrus; Chemical Wire; Cindy Kat; Cinemuerte; Clã; Clark; Common Strange Fluid; Conceito: Pele; Cool Hipnoise; Corsage; Coty Cream; Crushing Sun; Cycles. D d3ö; Danae; Dapunksportif; David Fonseca; Da Weasel; Daza Cominatcha; Dead Combo; Dead Singer; DEBUT!; Dezperados; Donna Maria; Duff. E Echidna; Erro!. F Fadomorse; Fat Freddy; Filarmónica Gil; Filme; Fingertips; Fonzie; FullMoonChild. G Gaiteiros de Lisboa; GNR; Green Machine. H Hands On Approach; Homem Mau; Houdini Blues; Humanos; Hyubris. I If Lucy Fell; Insaniae; Insert Coin. J Jesus, The Misunderstood; José Afonso; JP Simões. K Katia Guerreiro; Katsumoto; Kussondulola; Kyoto. L Lemur; Linda Martini; Lobster; Loops; Loto; Luís Costa; Luís Represas. M Madcab; Manel Cruz; Mantra; Mão Morta; Maria João; Maria João e Mário Laginha; Mariza; M.A.U.; Mercado Negro; Mesa; Mind Da Gap; Moonspell; Mosh; Mundo Secreto. N New Connection; Noiserv; Nuno Casais; Nuno Prata. O oliveTREE; Orangotang; Orgasmo; Ornatos Violeta; Os Lacraus; Os Maduros; Os Pontos Negros; OVO. P PapaFormigas; Paulo de Carvalho; Phazer; Plageo; Pluto; Post Hit; Primitive Reason; Profusions. Q. R Reckless; Rendimento Mínimo; Retroverse; Revistados; Rock Group Tiger; Rocknology; Rui Maia; Rui Vargas. S Santos & Pecadores; Sativa; Sérgio Godinho; SiNai; Sizo; Smartini; Souls Of Fire; Spartak!; Spincity; Sr. Acaso; sUBMARINe; Sugar; SuperNada; Susana Félix. T Tape Loading Error; Tara Perdida; The Gift; The Hypers; The Legendary Tiger Man; The Mad Dogs; The Poppers; The Temple; The Unplayable Sofa Guitar; The Vicious Five; The Wage; The Weatherman; The Youths; THiBB; This Is Mafia; Toranja; Três Tristes Tigres; Twentyinchburial. U UMEED. V Veados Com Fome; Vespa; Voodoo Economics. W W.A.K.O.; WinterMoon; Wraygunn. X Xutos & Pontapés; X-Wife. Y You Should Go Ahead. Z Zentex; Zieben; Zukie Boo.

ANTENA» A Rádio»

Antena 1; Antena 3; RadioAO; Rádio Tágide; RFM; RUC; TSF.

Programas»

OPA.

Pessoas»

Cláudia Matos Silva.

A TV»

MTV.

EDIÇÃO / DISTRIBUIÇÃO» Mercado»

Bor Land; Edisco; EMI Music Portugal; Farol Música; Loop : Recordings; mono"cromatica; Naked; NorteSul; Rastilho Records; Som Livre; Sony/BMG; Universal Music Portugal; Valentim de Carvalho; Zona Música.

Netlabels»

Merzbau; Mimi Records; You Are Not Stealing Records.

COMPRAS» Online» Discos»

Fnac; Som Livre Mega Store; ZEBRA musicstore.com.

ORGANIZAÇÕES ARTÍSTICAS / AGENCIAMENTO»

Audiência Zero; Cantigas da Rua; FlorCaveira; Hum!; Loud Like Devil Prod.; Produções Makapé; Visceral.

EVENTOS MUSICAIS»

Eixo Norte-Galiza, Audiência Zero; Concurso de Música Moderna de Palmela / Março a Partir; Festa do Avante!; Festival de Música Moderna de Corroios Festival de Vilar de Mouros; Festival Heineken Paredes de Coura; Festival Sudoeste TMN; Noites Ritual; Rock a Lot; Rock in Rio Lisboa; ROCKnaPraia; SuperBock SuperRock.

PALCOS»

Clube Mercado; Fábrica de Som; Galeria ZDB; In Live Caffé; Lugar Comum; Passos Manuel; Porto-Rio; Uptown.

A actualizar segundo conteúdo dos artigos do blogue.

Arquivos

Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Outubro 2007  

entradas (desde 1/8/2006)

Powered by BloggerEstou no Blog.com.pt!

MRC Produções

domingo, julho 23, 2006

Análise: Demo 2006 (Maqueta) - Vespa


Existem sortes, achados, sucessos, e bons trabalhos. Quem disse que algo é justo? Nada é justo. O meu Deus não me pediu para vir fazer queixinhas, mas a culpa é vossa, não definem religião, fazem a guerra, e a justiça divina nem sempre está disponível para todos. E essa é a única justiça que há, já que o homem não é justo. E o Deus é o ego de cada um, porquê não confiar nele? O melhor trabalho tem de ser o nosso (mesmo que depois se venha a saber que até há melhores); se se confiar uma vez nisso, uma vez venceremos; uma ou mais.
A introdução não vem protestar contra nada. Pelo contrário, Vespa, o grupo de hoje, para além de algumas pitadas de boa sorte, é um achado, um desses sucessos e bom trabalho. Um excelente trabalho. E porque recorri à mesma? Porque enquanto bons nomes se queixam, enfim, tenho muita pena deles (a qualidade reside tantas vezes nessas casas), Vespa nasceu este ano, e este ano vem empolgar tantos espectadores, tantos ouvintes, e... tantos fãs. Apenas uma maqueta; e essa sorte e essa confiança estiveram do lado dos Vespa.
Esta demo traz-nos uma musicalidade famosa, um rock que se pratica em quantidades inúmeras, mas o facto é que a originalidade em Portugal dá sucesso, pelo menos vindo da crítica. E o que é original? Não sei. A pertinência do baixo, assumidamente eléctrico? As variações das guitarras? Uns acordes de génio de vez em quando? Uma voz que tão bem sai (e é o problema de tanto projecto por esse país fora, a voz...)? Letras sábias, num português de Portugal? A existência de tão bons coros, constituindo uma produção conceituada (quanto a este género musical) para uma maqueta? Ouvem-se ao longo de quatro faixas músicas que suscitam uma certa estranheza, um cheiro alternativo. Pode parecer muito estranho lançar este nome, mas um cheiro que sinto em alguns momentos de Clã. E diferenças entre os dois é do que mais se encontra. É exactamente a perspectiva do futuro. Deste tipo de bandas espero sempre o álbum. Porque é tantas vezes, com técnicos de estúdio, durante a produção e/ou a gravação, por exemplo, que se destaca a originalidade do rock que cada grupo personaliza à sua imagem. Sei lá...
O que temos em mãos, e isso é o que importa neste momento, é muito bom. É delicioso. Influências, humn, é inevitável o meu
cliché Manel Cruz nesta conversa. Repare-se que este nome, este poeta, este ídolo, este criador, este artista dá asas a um número cada vez maior de grupos, pelo menos pelo lirismo e maioritariamente no Porto. As "vespas" também são portuenses, Vila do Conde, e veja-se que o próprio Hugo Rei (vocalista), aquando ainda de falar em referências, confirma o seu agradecimento a um elevado número de nomes tão famosos ou nem tanto, intérpretes do português. Creio que só faltou o António Variações, porque nos deixou há cerca de vinte e dois anos. E os temas dos Vespa? Ah sim! Cada um com sua temática, para revelar quatro lados / fases da criatividade da banda; em jeito de compilação, nesta maqueta, há para começar "É Crítico Dar-te". Perdoem a ignorância, ainda não entendi o título. A letra apresenta-nos (dá-nos a conhecer) um possível ser unânime de todo o grupo, já que as letras não têm uma assinatura individual e que com tanta força são proclamadas palavras que se sentido (vivido ou não) não fizessem, ninguém delas se lembraria. Trata-se de conversar sobre o ego. Andamos um pouco (as músicas começam por atingir os cinco minutos e terminam por uns segundos para os três) e temos "Karma Suta", na minha opinião o melhor. A análise física do tal ser "vespa" ocorre, numa descrição revoltosa, concreta e abstracta exactamente aqui (com a inclusão de comparações a um segundo ser, o "tu"), para não falar do simples afeiçoar que sinto pela música, até pelo motivo de ter conseguido ficar com o refrão na cabeça logo à primeira escuta: «Deixa p'ra lá que eu também sou assim / Quero parar mas quando dou por mim / Já tenho / Outro odor». "Tempo" é comentar os terríveis modos do relógio: uma crítica que tanto se afeiçoa a mim, mas cuja música me podia ter convencido mais. Enfim, creio que existem riscos muito maiores que a utilização de certas palavras e seguimentos como «...Sou do tempo da auto-estrada / Teclado, rato e (inter)net», no entanto, até a própria música a nível da sonoridade não é a minha preferida. "Com Tradição" é o lado mais fácil, simples e abstraído das eléctricas vespas se soltarem ao público, e termina assim o alinhamento. Porque Vespa, apesar da curta existência, promete. Hugo Rei, Rodolfo Coelho na guitarra, Jorge Jacinto na guitarra e nos coros, Fred Xavier no baixo e André Coelho na bateria, numa banda de origem na cinza de outras (convido-vos a explorar o assunto), prometem. Pós'crer.


Demo 2006



:Vespa - Demo/Maqueta (2006)


1. "É Crítico Dar-te"
2. "Karma Suta"
3. "Tempo"
4. "Com Tradição"

Visitar o myspace dos Vespa.
Toda a maqueta e dois temas inéditos ao vivo disponíveis para download gratuito.

Rock
http://www.vespa.com.pt/
vespa@vespa.com.pt

Downloads

Downloads Café Roubado disponíveis:

#1 Videoclipe "Old Friends" - Blister (blister_oldfriends_caferoubado.zip 10,4 MB) [Tráfego Nacional]

»Vídeo em formato .mov, a 512 kbits de velocidade de reprodução. 29/6/2006

A tua música para download no Café Roubado depende de um e-mail. Porque não?

Qualquer citação, desde que identificada, é permitida, claro!